Piso para Piscina

Ter uma piscina em casa implica muitos aspectos, não basta apenas escolher o modelo de piscina e mandar colocar, mas é preciso obter inúmeros cuidados como o piso que vai revestir ao redor da piscina. Cada vez mais pessoas buscam por colocar piscinas em casa, pois não são todos que tem condições de ir às praias sempre que faz calor. Ter uma piscina em casa é optar pelo conforto e bem estar da família em geral e se preocupar com o Piso para Piscina é fundamental, principalmente quando se tem crianças em casa.

Dicas de pisos para piscinas

Piso para piscina

Pisos de piscinas (Foto: Divulgação)

piso da piscina deve ser mais do que uma simples cobertura, pois é indispensável que ele seja, antiderrapante, por exemplo, pois ao sair da água com os pés molhados é muito fácil escorregar e sofrer quedas. Para evitar possíveis acidentes é importante optar por um piso antiderrapante. Outra opção de piso para a borda da piscina é o piso atérmico, ou seja, piso com material que não aquece. Embora o piso na borda da piscina seja o último item a ser pensado, torna-se o mais importante, pois deve ser um segmento do resto da área externa da casa, como o paisagismo que deve ser de acordo com o ambiente.

Confira algumas sugestões de Piso para Piscina de acordo com as informações acima:

Piso para piscina

Pisos de piscinas (Foto: Divulgação)

Pedras – as pedras podem variar, tanto no tipo quanto na maneira de ser assentada. Geralmente as pedras mais usadas nas bordas das piscinas aqui no Brasil são as pedras “São Tomé e Mineira” as duas possuem propriedades térmicas e antiderrapantes proporcionando excelente acabamento para a área. No entanto existem outros tipos de pedras para esse fim como mármore travertino bruto e variações como granitos, pedras importadas, arenitos e mosaico português;

Cimentícios atérmicos – são produtos novos no mercado de pisos para piscinas, são formulados a base de cimento, são mais resistentes a manchas. São inúmeras linhas diferentes desenvolvidas de acordo com cada empresa apresentando tamanhos, acabamentos e cortes. Esse tipo de piso oferece excelente custo benefício, mas é importante evitar imitações, pois esse tipo de imitação tende a não oferecer os reais benefícios;

Agregados – um tipo de piso de pedra que consistem em drenar quase 95% da água, quer dizer quase toda a água que cais sobre o piso passa diretamente para o solo. O que chama a atenção para esse tipo de piso é o material com que é feito, pois é usado materiais recicláveis na sua composição, como, por exemplo, vidro e garrafas pet. O material sustentável desse tipo de piso é um grande diferencial. Esses agregados são atérmicos e dão um acabamento perfeito para a borda das piscinas;

Piso para piscina

Pisos de piscinas (Foto: Divulgação)

Decks – os Decks de madeira são os mais tradicionais e a preferência nacional, são feitos de madeira ecológica. É importante sempre usar madeira apropriada para esse fim, como por exemplo, cumaru e o ipê. Para escolher o tipo de madeira adequada basta procurar uma boa empresa de revestimentos, pois existem excelentes profissionais para orientar da melhor forma possível. De preferência aos Decks prontos que são de fácil aplicação e deixam um acabamento perfeito.

Piso para piscina

Pisos de piscinas (Foto: Divulgação)

Cerâmicas e Porcelanatos – os pisos em cerâmica e porcelanato são excelentes opções de pisos para piscinas, pois são elaborados com material de alta tecnologia desenvolvidos para piscinas profissionais e de lazer.

Com as dicas acima de pisos para piscinas antiderrapante fica fácil escolher o tipo de piso para sua piscina, escolha a melhor opção para combinar com o seu estilo de deixe o ambiente acolhedor e moderno.

Pisos de Piscinas